PALPITES PARA OS INDICADOS AO OSCAR 2015

lainfo.es-23245-documentalespremiososcarComo fizemos para o Globo de Ouro, não podíamos deixar de dar nossos palpites para os indicados à premiação mais importante de todas, que ocorre amanhã de manhã, e que não deve ter grandes surpresas, mas talvez algumas ausências.

Falaremos apenas das categorias principais, começando com roteiro original, que promete ser bem disputada entre três filmes, “Boyhood“, “Birdman”  e “The Grand Budapest Hotel“. “Nightcrawler” também deve conseguir sua merecida indicação, e “Mr. Turner” deve completar a categoria pois o sempre entediante Mike Leigh raramente passa em branco, ainda mais como roteirista. Já “Whiplash“, que pelas regras da Academia não pôde ser considerado original, ganha uma grande chance como roteiro adaptado, e deverá ter a companhia do favorito “Gone Girl“, além de “The Imitation Game“, “The Theory of Everything” e “Wild“.

A categoria que costuma ter algumas surpresas é a de filme estrangeiro, então mesmo que apostemos na indicação do vencedor do Globo de Ouro “Leviathan“, não se espante se o mesmo ficar de fora. Além do representante russo, apostamos nas indicações do elogiadíssimo polonês “Ida“, do argentino “Relatos Selvagens“, no sueco “Force Majeure“, e no estreante mauritano “Timbuktu“.

As animações que devem aparecer são “The LEGO Adventure“, “How to Train Your Dragon 2“, “Big Hero 6” e “The Boxtrolls“, deixando uma vaga ainda aberta, que decidimos entregar para “The Book of Life“, mas ficamos na torcida pelo belo anime “The Tale of Princess Kaguya“.

Quase sempre difícil por conta da baixa qualidade das profissionais como das personagens, desta vez temos quase dez opções para a categoria de atriz coadjuvante. Além da favorita Patricia Arquette em “Boyhood“, outras que devem confirmar presença são a eterna diva Meryl Streep em “Into the Woods“, a delicada Keira Knightley em “The Imitation Game” e Emma Stone em “Birdman“. A última vaga decidimos por Rene Russo em “Nightcrawler“, mas se alguma outra das anteriores não aparecer, torcemos muito pela maravilhosa Jessica Chastain em “A Most Violent Year” para dar um pouco mais de qualidade à categoria.

Para ator coadjuvante, não há muitas opções, os cinco indicados devem ser o sempre fraco Ethan Hawke em “Boyhood“, o veterano Robert Duvall em “The Judge“, Mark Ruffalo em “Foxcatcher“, Edward Norton, que volta às boas atuações em “Birdman“, e o franco favorito J.K. Simmons em “Whiplash“. Não vemos muitas opções para esta categoria, talvez um Christoph Walts por “Big Eyes” se Amy Adams conseguir sua indicação, ou então Tom Wilkinson, caso a Academia abrace “Selma“, mas não custa nada torcer por uma surpresa agradável como Riz Ahmed em “Nightcrawler“.

Os atores que estão praticamente confirmados são o ótimo Benedict Cumberbatch em “The Imitation Game” (que deveria ter levado algum prêmio nesta temporada, mas acabou passando em branco), o vencedor do Globo de Ouro Eddie Redmayne em “The Theory of Everything“, o medíocre mas favorito absoluto Michael Keaton em “Birdman” e David Oyelowo em “Selma“. A última vaga deveria ser de Steve Carell em “Foxcatcher”, mas seu favoritismo sumiu assim que a temporada de premiações começou, e hoje é quase carta fora do baralho, então decidimos pelo sempre excelente Jake Gyllenhaal em “Nightcrawler“.

Entre as atrizes, também não devemos ter grandes surpresas, a não ser a entrada de Jennifer Aniston em “Cake“, que está gastando bastante em sua promoção e deve tirar a vencedora do Globo de Ouro, Amy Adams, da jogada. As outras quatro esperadas são a irregular e adorada Julianne Moore em “Still Alice“, a melhor atuação feminina do ano, Rosamund Pike em “Gone Girl“, a fraca Reese Witherspoon em “Wild” e a linda Felicity Jones em “The Theory of Everything” Qualquer nome diferente destes será uma tremenda surpresa.

Depois da surpresa nas indicações ao DGA ontem, a categoria de direção mostrou-se a mais imprevisível em muito tempo, provocado pela regra esdrúxula de mais de cinco filmes indicados, que mexe diretamente com esta categoria. Além dos três praticamente certos Wes Anderson por “The Grand Budapest Hotel“, Richard Linklater por “Boyhood” e Alejandro González Iñárritu por “Birdman“, mantivemos Ava DuVernay por “Selma” para termos uma quebra de tabu para comentarmos, e fechamos com Clint Eastwood pro “American Sniper“. Como a imprevisibilidade pode ser boa, torcemos ao menos pela indicação de David Fincher por “Gone Girl” para dar mais qualidade, pois ver Linklater e Anderson indicados nos lugares de diretores infinitamente melhores é de embrulhar o estômago.

E finalmente, para a categoria principal, acreditamos que este ano teremos dez indicados, e não nove como das últimas vezes, então nossos palpites não sairão do previsível: “Boyhood“, “Birdman“, “The Grand Budapest Hotel“, “The Theory of Everything“, “Selma“, “Whiplash“, “Gone Girl“, “The Imitation Game” e “Nightcrawler“. Para a última vaga, a briga estaria entre “Into the Woods” e “American Sniper“, então fechamos no velho Clint, uma vez que o filme também foi indicado ao PGA. Nossa torcida fica para “Foxcatcher“, que não foi tão bem aceito como nós e muitos outros esperavam, mas que não deixa de ser uma grande obra e merecia estar entre os dez de qualquer lista, ainda mais quando temos mediocridades como “Boyhood“, que ainda por cima deve sagrar-se campeão….vai entender.

E é isso pessoal, agora podem fechar seus bolões com mais segurança. Boa sorte!

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s