O QUE OS PRÊMIOS DA CRÍTICA TÊM A DIZER?

0_BoyhoodCastNão é de hoje que acompanhamos as ‘coincidências’ entre as premiações dos círculos de críticos e o Oscar. Mais do que premiar os filmes, atores e diretores que consideram melhores, os círculos parecem, a cada ano, quererem adivinhar os indicados e vencedores do prêmio da Academia. E foi isto que gerou, ao menos em mim, uma certa revolta.

E nem precisamos ir muito longe para percebermos isso, basta olhar que de 2000 em diante, quase todos os círculos de críticos premiam o mesmo filme, que com certeza é indicado ao Oscar e, na maioria das vezes, vence.

Exatamente por os EUA terem uma política onde cada estado é independente, cada um tem sua particularidade cultural e intelectual, e por mais que eu acredite em coincidências, há um limite para tudo. Não é possível que, de tantos filmes bons feitos no ano, 90% dos círculos escolham o mesmo título como o melhor dentre os demais.

Salvo exceções, como em 2011, onde praticamente cada círculo votou num filme diferente, nos outros anos foi sempre uma tentativa de chegar próximo ao Oscar e, assim, poderem se destacar como um termômetro mais preciso e ganhar visibilidade.

Este ano estamos vendo isso novamente, com quase todos os círculos premiando “Boyhood” ou “Birdman“, indicando que um dos dois seriam os virtuais vencedores do Oscar de melhor filme. O que é uma pena, já que outros filmes bem melhores acabam perdendo espaço, pois qualquer menção em premiações é uma vitrine para que algumas produções, muitas vezes menores e independentes. consigam mais espaço nas salas de exibição e, consequentemente, algum lucro.

dd100c6ffe3e48149fbc58da157c0571

O que mais me envergonha é que todos sabemos que o Oscar não é um prêmio para a qualidade artística (mesmo que muitas vezes coincida), mas sim para a própria indústria. São atores, diretores e operários de várias áreas do cinema nos EUA votando nos seus amigos e em quem tenha um melhor lobby, com direito a mimos de todos os tipos. E a crítica, que deveria fazer seu papel e ser mais exigente, na verdade se mostra tão vendida quanto os membros da Academia.

E de uns anos para cá, parece que a crítica quer ser melhor vista pelo público médio e rebaixou seu grau de exigência para se igualar à este, considerando obras-primas filmes esquecíveis e descartáveis.

Diante disso, só nos resta lamentar e fazer o possível para não nos incluirmos nisso, por isso nós do Runawards tentamos dar uma visão própria às nossas análises, criticando ou elogiando por defeitos ou méritos e, com isso, adquirindo personalidade própria e respeito com o tempo.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s